Rússia afirma ter desviado ataques com ‘drones’ durante Mundial de Futebol 2018

Lusa




Partilhar

O Governo russo afirmou hoje que desviou tentativas de ataques feitos através de ‘drone’ durante o Campeonato Mundial de Futebol deste ano.

Alexander Bortnikov, chefe do serviço de segurança federal da Rússia, afirmou que estes serviços “tomaram medidas para detetar e desviar tentativas de terroristas que usam ‘drones’ durante eventos políticos ou desportivos, inclusive durante o Campeonato Mundial”.

A Rússia usou milhares de agentes da polícia e tecnologias de vigilância de última geração para proteção durante os eventos do Campeonato Mundial de Futebol, de 14 de junho a 15 de julho deste ano.

No entanto, quatro membros do grupo contestatário Pussy Riot conseguiram invadir o campo durante a final do Mundial de Futebol, vestindo uniformes de polícia.

Em abril, o governo russo já tinha afirmado que adeptos ‘extremistas’ e nacionalistas planearam ataques durante os eventos do Mundial na cidade de Samara, e que foram impedidos pelos serviços de segurança locais.

Comentários do Facebook

Partilhar
<script async src="//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js"></script>
<ins class="adsbygoogle"
     style="display:block"
     data-ad-format="autorelaxed"
     data-ad-client="ca-pub-7513151535689663"
     data-ad-slot="7531535151"></ins>
<script>
     (adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});
</script>