Governo exige dez valores para acesso à universidade

Lusa




Partilhar

A nota mínima para acesso ao ensino superior em Angola será, a partir de 2019, dez valores, segundo deliberação aprovada nesta quarta-feira em Conselho de Ministros.

De acordo com a ministra do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação, Maria Sango, a medida visa uniformizar as candidaturas e admissões às universidades públicas, privadas ou público-privadas.

Em declarações à imprensa, no final de uma sessão do Conselho de Ministros, explicou que caso o número de candidatos não garanta a viabilidade do curso, poderá ser realizada uma segunda chamada para prova do exame de admissão.

Informou ainda que será exigida as universidades a divulgação do número de vagas.

Maria Sango sublinhou que não existe nenhum diploma legal que regule o acesso ao ensino superior.

Comentários do Facebook

Partilhar
<script async src="//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js"></script>
<ins class="adsbygoogle"
     style="display:block"
     data-ad-format="autorelaxed"
     data-ad-client="ca-pub-7513151535689663"
     data-ad-slot="7531535151"></ins>
<script>
     (adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});
</script>