BAD promove financiamento superior a 4,3 mil milhões de euros para os PALOP

Lusa




Partilhar

O Banco Africano de Desenvolvimento (BafD) vai promover 65 projetos privados avaliados em mais de 5.000 milhões de dólares (4,3 mil milhões de euros) no âmbito de um compacto de investimento hoje anunciado para os países lusófonos em África.

O acordo de entendimento visa “acelerar o crescimento económico inclusivo, sustentável e diversificado do setor privado” e foi assinado hoje em Joanesburgo entre o Banco Africano de Desenvolvimento, Portugal e quatro dos seis países africanos de língua oficial portuguesa (PALOP) – Angola, Moçambique, Cabo Verde e São Tomé e Príncipe.

“Hoje é um dia de Luz porque iluminou-se uma parte de África que frequentemente não recebe a atenção que merece e que são os países lusófonos”, declarou o presidente do BafD, Akinwumi Adesina, na cerimónia de assinatura.

Comentários do Facebook

Partilhar
<script async src="//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js"></script>
<ins class="adsbygoogle"
     style="display:block"
     data-ad-format="autorelaxed"
     data-ad-client="ca-pub-7513151535689663"
     data-ad-slot="7531535151"></ins>
<script>
     (adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});
</script>