PHA defende mais dignidade da pessoa humana

You are currently viewing PHA defende mais dignidade da pessoa humana

A líder do Partido Humanista de Angola (PHA), Bela Malaquias, defendeu esta segunda-feira maior dignidade da pessoa humana, por via da melhoria das condições sociais dos cidadãos.

No tempo de antena na televisão, no âmbito das eleições gerais do dia 24 deste mês, a candidata do PHA  a Presidente da República disse que se ganhar  vai colocar o ser humano no centro das preocupações, tendo em conta “os níveis elevados de miséria, sofrimento e fome”.

“Não há justiça, nem dignidade para as pessoas. Continua a haver crianças com falta de uma alimentação saudável, que permita o desenvolvimento da sua personalidade”, afirmou.

O manifesto eleitoral do PHA advoga a humanização de todos os sectores que compõem a sociedade, mormente prestar maior atenção às pessoas e permitir a participação efectiva de todos os angolanos nos processos de decisão para que se sintam incluídos no desenvolvimento do país.

Esta é a primeira vez que o PHA (foi fundado este ano) concorre a um pleito eleitoral, assim como a sua presidente, Bela Malaquias, única mulher a disputar as presentes eleições.

Desde a abertura da campanha, a 24 de Julho, Bela Malaquias esteve em campanha nas províncias do Cuanza Sul, Benguela, Bié, Huambo, Cuando Cubango, Namibe, Huíl, Lunda Norte, Moxico, Lunda Sul e Cunene, onde realizou actos de massas e de caça ao voto porta-a- porta.

As eleições gerais deste ano contam com 14 milhões 399 mil eleitores, dos quais 22 mil e 560 residentes no estrangeiro.

Concorrem sete partidos políticos, designadamente MPLA, UNITA, PRS, FNLA, APN, PHA e P-NJANGO, e a coligação partidária CASA-CE.

Angop