P-NJANGO quer 30 assentos no Parlamento

You are currently viewing P-NJANGO quer 30 assentos no Parlamento

O primeiro vice-presidente do Partido Nacionalista para a Justiça em Angola (P-NJANGO), António Barros, declarou hoje que a sua formação política pretende alcançar, nestas eleições de 24 de Agosto, pelo menos 30 assentos na Assembleia Nacional.  

No tempo de antena do seu partido na rádio, o político disse que se conseguirem conquistar esse número de deputados  vão contribuir com propostas, para  o bem-estar das populações e desenvolver o país.

No seu discurso, António Barros realçou que a oposição não serve apenas para criticar, mas também para propor políticas em benefícios de todos.

Disse, por outro lado, que a sua agremiação tem a juventude como prioridade, por ser a maioria da população e força motriz para o desenvolvimento de Angola.

As eleições gerais deste ano contam com 14 milhões 399 mil eleitores, dos quais 22 mil e 560 residentes no estrangeiro.

Concorrem nas mesmas sete partidos políticos, designadamente MPLA, UNITA, PRS, FNLA, APN, PHA e P-NJANGO, e uma coligação partidárias, a CASA-CE.

Angop