João Lourenço aborda projectos de combate à seca

You are currently viewing João Lourenço aborda projectos de combate à seca

O Presidente da República, João Lourenço, abordou, esta segunda-feira, em Luanda, questões ligadas aos projectos de transferência de água dos rios para localidades assoladas pela seca, nas  províncias da Huila, Namibe e Cuanza Sul, com o responsável da empresa Power China International Group Limited, Ji Xiaoyong.

O presidente do Conselho de Administração da empresa chinesa disse à imprensa, no final da audiência, que os projectos estão na sua fase preliminar, sob a égide de engenheiros da Power China, e assemelham-se às obras de engenharia do sistema de transferência de água do rio Cunene, na povoação de Cafu, para as localidades de Ombala yo Mungo, Ndombendola e Namacunde.

“São projectos, essencialmente, ligados ao combate à seca nestas três províncias. Estamos a trabalhar numa fase preliminar, por isso, por enquanto, não podemos avançar custos”, afirmou Ji Xiaoyong.

O canal do Cafu, inaugurado, em Abril último, pelo Presidente da República, João Lourenço, consiste num sistema de captação e transferência de água do rio Cunene para várias povoações, através de um canal adutor, com 160 quilómetros de extensão, ao longo dos quais foram construídas 30 chimpacas (locais para abeberamento do gado), com capacidade de 30 milhões de litros cada.

A seca severa no sul do país causou centenas de vítimas mortais, nas zonas mais críticas do país, e outras centenas de famílias ficaram sem comida, forçando o surgimento de milhares de deslocados e refugiados. Também causou a morte de milhares de cabeças de gado.

Por causa da seca, milhares de crianças foram obrigadas a abandonar as aulas e sofrem de subnutrição aguda, assim como mais de um milhão de pessoas, no centro e sul de Angola, precisaram de ajuda alimentar de emergência.

Na altura, a sociedade mobilizou-se e foram recolhidas ajudas em roupa usada e produtos alimentares, para apoiar as vítimas da seca no sul de Angola.

Angop