Polícia moçambicana detém angolano com 38 cápsulas de cocaína no organismo

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

O Serviço Nacional de Investigação Criminal (Sernic) moçambicano deteve um cidadão angolano que tentava entrar no país com 38 cápsulas de cocaína no organismo, a partir do Aeroporto Internacional de Maputo, disse hoje à Lusa o porta-voz da entidade.

“A detenção resultou de uma operação da nossa contrainteligência. Tínhamos informações sobre as características do indivíduo suspeito e, na primeira verificação, nada foi constatado. Então tivemos de submeter o indivíduo a uma segunda avaliação, já no hospital, onde foram encontradas as cápsulas no seu estômago”, disse Hilário Lole.

O indivíduo, de 37 anos, acabava de desembarcar no Aeroporto Internacional de Maputo, num voo oriundo do Brasil.

“O trabalho que estamos a realizar faz-nos acreditar que se trata de uma única rede de tráfico de drogas”, explicou o porta-voz do Sernic, avançando que este é o quarto caso de detenções por tráfico de drogas em um aeroporto neste ano.

Moçambique é apontado por várias organizações internacionais como um corredor de trânsito para o tráfico internacional de estupefacientes com destino à Europa e Estados Unidos da América, principalmente de heroína oriunda da Ásia.

Lusa

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.