Wall Street encerra com novos recordes no Dow Jones e no S&P 500

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

A bolsa de valores de Nova Iorque encerou esta quarta-feira com novos recordes no Dow Jones, índice industrial, e no S&P 500, que somaram 45 e 70 máximos históricos, respetivamente, desde o começo do ano.

Segundo os números no final da sessão em Wall Street, o Dow Jones subiu 0,25%, ou 90,43 pontos, até aos 36.488,63, enquanto o indicador S&P 500 aumentou 0,14%, ou 6,71 unidades, para os 4.793,06.

Em sentido inverso, o Nasdaq, que congrega as tecnológicas mais importantes, desceu ligeiramente 0,10% ou 15,51 unidades, situando-se em 15.766,22.

A bolsa nova-iorquina parece disposta a cumprir com a tradição do “Santa Claus Rally”, o tradicional otimismo de final de ano, e continua a somar ganhos no agregado dos três indicadores.

O S&P 500 alcançou, até à data, uma valorização de quase 28% e este já é o segundo ano com mais recordes, ficando apenas atrás de 1995, quando se registaram 77.

Os analistas assinalam que o mercado continua atento ao aumento global de casos de covid-19, à medida que a variante Ómicron do coronavírus se dissemina, mas parecem ter-se dissipado alguns temores.

“Por agora, poucas nações impuseram novos confinamentos e isso permite aos investidores ignorar o último pico de infeções”, frisou um analista do The Sevens Report, Tom Essaye.

A maior parte dos setores fecharam hoje no ‘verde’, liderados pelo imobiliário (0,64%) e a saúde (0,6%), enquanto a perda mais significativa pertenceu às empresas de energia (-0,63%) e de comunicações (-0,31%).

Entre as 30 cotadas do Dow Jones, cresceram especialmente a Walgreens (1,59%), a Nike (1,42%) e o Home Depot (1,14%).

As mais prejudicadas foram a Boeing (-1,20%), a Verizon (-0,68%) e a Chevron (-0,51%).

Fora deste conjunto, a biotecnológica Biogen disparou 9,5% após o diário Korea Economic Daily avançar que o gigante tecnológico Samsung está a negociar a sua compra por 40 mil milhões de dólares.

Nos outros mercados, o petróleo do Texas aumentou para 76,56 dólares e, no momento do encerramento de Wall Street, o ouro descia para 1.805,70 dólares por onça, o rendimento dos Títulos do Tesouro a 10 anos cresciam 1,558% e o dólar perdia terreno para o euro, com um câmbio de 1,1347.

Lusa

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.