Liverpool vence Wolverhampton nos ‘descontos’ e assume liderança provisória

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Um golo do belga Origi, no último minuto dos descontos, deu hoje uma ‘suada’ vitória ao Liverpool na visita ao Wolverhampton, de Bruno Lage, com os ‘reds’ a assumirem a liderança provisória da Liga inglesa de futebol.

Quando tudo parecia encaminhado para um nulo, num jogo em que os ‘wolves’ conseguiram quase sempre ‘parar’ a vertigem ofensiva do Liverpool, que teve Diogo Jota a titular, eis que Salah, um dos jogadores mais entusiasmantes da atualidade, fez a diferença.

O egípcio não marcou, mas teve ‘arte’ — na forma como recebeu a bola e a colocou em Origi -, para desmontar a estratégia do adversário praticamente nos últimos instantes do jogo, e colocar a equipa na liderança do campeonato, à espera do Manchester City.

Em campo estiveram vários portugueses, nomeadamente José Sá, Nélson Semedo e Rúben Neves a titulares nos ‘wolves’, que ainda fizeram entrar João Moutinho e Trincão, mantendo Fábio Silva e Podence no banco, enquanto no Liverpool, Diogo Jota foi titular.

O avançado português dos ‘reds’ desperdiçou na segunda parte uma flagrante ocasião de golo, quando sozinho, e já sem José Sá na baliza, rematou contra um defesa.

Com a vitória, o Liverpool, que integra o grupo do FC Porto na ‘Champions’ e já está apurado, passa a somar 34 pontos, mais um do que o Chelsea, que perdeu a liderança após ser derrotado hoje na visita ao West Ham, quarto classificado, por 3-2, mas o campeão Manchester City também pode aproveitar nesta 15.ª jornada.

A equipa de Rúben Dias, João Cancelo e Bernardo Silva visita ainda hoje o Watford (17.º), e em caso de triunfo assumirá a liderança da ‘Premier’ League.

Em outros jogos da ronda, o Newcastle conseguiu a sua primeira vitória no campeonato, ao bater em casa o Burnley, com um golo de Callum Wilson (40), quando as duas equipas se mantêm em zona de descida, 19.º e 18.º, respetivamente, e Southampton (14.º) e Brighton (nono) empataram a 1-1, com os ‘the saints’ a consentirem o golo o empate, de Maupay, também no final dos descontos, aos 90+8.

Lusa

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.