XIII congresso ordinário da UNITA arranca hoje em Luanda

You are currently viewing XIII congresso ordinário da UNITA arranca hoje em Luanda

O XIII congresso da União Nacional para a Independência Total de Angola (UNITA) arranca hoje, no município de Viana, província de Luanda, com um candidato apenas a concorrer à liderança do maior partido da oposição angolana.

Adalberto Costa Júnior concorre sozinho à presidência da UNITA, depois de destituído da liderança do partido por imposição do Tribunal Constitucional, que anulou o congresso realizado em 2019, em que tinha sido eleito como representante máximo da organização política.

Com 1.150 delegados, o congresso que arranca hoje e termina no sábado e decorre sob o lema “Unidade e Cidadania para a Alternância”.

De acordo com o programa, o congresso inicia-se com intervenções das organizações feminina e juvenil da formação política, seguido do discurso de abertura pelo presidente cessante do partido, Isaías Samakuva.

O arranque dos trabalhos internos da primeira plenária está marcado para o início da tarde, com o relatório sobre a certificação dos mandatos dos delegados ao XIII Congresso Ordinário, a eleição do presidente do congresso, a constituição da mesa e aprovação da agenda do congresso ou a constituição das comissões especializadas e trabalho por comissões.

O segundo dia dos trabalhos reserva atividades por comissões, segundo plenário com o relatório dos trabalhos das subcomissões, leitura das conclusões e resoluções do XIII congresso e leitura e aprovação do comunicado final.

Para o último dia, acontece a eleição do presidente do partido, a eleição e tomada de posse da Comissão Política e na parte da tarde o anúncio dos resultados eleitorais, seguido da tomada de posse do presidente eleito, a leitura do termo de posse e juramento, discursos do presidente do congresso e do presidente cessante e discurso de encerramento do presidente eleito.

Lusa