Governo entrega hoje restos mortais de Salupeto Pena e Mango Alicerces

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

A Comissão para a Implementação do Plano de Reconciliação das Vítimas de Conflitos (COVICOP) entrega esta segunda-feira (15) os restos mortais de Elias Salupeto Pena e de Adolosi Mango Paulo Alicerces aos seus familiares.

Da esquerda para direita: Mango Alicerces, Jeremias Chitunda, Salupeto Pena e Eliseu Chimbili

O acto presidido pelo ministro da Justiça e Coordenador da CIVICOP, Francisco Queirós, será realizado no Laboratório Central de Criminalística do Serviço de Investigação Criminal (SIC), e contará com a presença dos Ministros do Interior e da Saúde, do Presidente da UNITA e dos familiares dos malogrados, entre outras personalidades e convidados.

Em cerimónia realizada no dia 6 de junho do corrente ano, o governo angolano havia já entregue as certidões de óbito de Salupeto Pena, Jeremias Chitunda, Mango Alicerces e Eliseu Chimbili aos seus familiares.

A cerimónia enquadrou-se na implementação do Plano de Reconciliação em Memória das Vítimas dos Conflitos Políticos (CIVICOP) ocorridos em Angola, de 11 de Novembro de 1975 a 4 de Abril de 2002.  

Os quatro dirigentes da UNITA tombaram em combate, no conflito pós-eleitoral de 1992, na cidade de Luanda. As eleições gerais tiveram lugar em Setembro de 1992.

À altura dos acontecimentos, Jeremias Chitunda era vice-presidente da UNITA, Mango Alicerces, secretário-geral, Salupeto Pena, representante do partido na Comissão Conjunta Político-Militar (CCPM), órgão encarregue da implementação dos Acordos de Bicesse, e Eliseu Chimbili, destacado dirigente do partido.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.