Rainha Isabel II cancela presença devido a conselho médico

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

A Rainha britânica Isabel II cancelou a presença na conferência climática COP26 na próxima semana após ter recebido conselho médico para descansar, foi hoje anunciado.

A monarca de 95 anos deveria comparecer segunda-feira na conferência, que se realiza entre 31 de outubro e 12 de novembro, juntamente com o príncipe Charles e a mulher deste, Camilla, bem como o príncipe William e a respetiva esposa, Kate.

“Seguindo o conselho para descansar, a Rainha tem estado a realizar tarefas leves no Castelo de Windsor. Sua Majestade decidiu com pesar que já não irá viajar até Glasgow para participar da receção à noite da COP26, na segunda-feira”, disse o Palácio de Buckingham em comunicado.

Ainda assim, acrescentou, a rainha “fará um discurso aos delegados reunidos através de uma mensagem de vídeo gravada”

A Rainha voltou a trabalhar na segunda-feira, realizando audiências virtuais no Castelo de Windsor pela primeira vez após pernoitar uma noite no hospital e receber conselho médico para descansar.

Na semana passada, a soberana, que se prepara para comemorar em 2022 os seus 70 anos de reinado, cancelou uma visita à Irlanda do Norte, depois de ter “aceite com relutância” o conselho dos seus médicos para descansar.

O conselho médico de descanso e cancelamento da agenda aconteceu poucos dias depois de a Rainha ter sido vista a usar uma bengala quando participou num serviço religioso na Abadia de Westminster para assinalar o centenário da Legião Real Britânica, uma instituição de caridade que apoia membros e veteranos das forças armadas britânicas.

Depois de passar sucessivos confinamentos no Castelo de Windsor, perto de Londres, e apesar das especulações sobre a possibilidade de vir a abdicar na sequência da morte em abril do seu marido, o príncipe Philip, Isabel II participou recentemente em diversos compromissos públicos.

Compareceu novamente na terça-feira numa receção em Windsor, com a presença do primeiro-ministro britânico Boris Johnson, do empresário Bill Gates e do enviado climático dos EUA, John Kerry.

Visivelmente em boa forma, a monarca apertou as mãos sem luvas e conversou com os convidados, sem usar máscara protetora.

Lusa

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.