Chefe da Casa de Segurança do Presidente angolano admite preocupação com criminalidade

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

O ministro de Estado e chefe da Casa de Segurança do Presidente da República disse hoje, em Luanda, que a segurança nacional “vai bem”, mas admitiu preocupação com os níveis de criminalidade que o país regista.

Francisco Furtado reagia, em declarações à agência Lusa, ao discurso sobre o Estado da Nação efetuado hoje pelo Presidente angolano, João Lourenço, na cerimónia de abertura do novo ano legislativo, que considerou uma “abordagem exaustiva” sobre a real situação do país.

“De facto devemos todos estar imbuídos no sentido daquilo que foi a intervenção do Presidente da República. Deve até constituir matéria de estudo para todos nós, para podermos executar com brio e determinação as nossas tarefas”, disse.

Relativamente à segurança nacional, Francisco Furtado destacou que o Governo está a trabalhar no sentido de melhorar cada vez mais este aspeto, sublinhando que “a segurança é um fator determinante para que de facto o país esteja no rumo certo”.

“E como bem referiu o Presidente da República na sua mensagem, as forças de defesa e segurança têm realmente cumprido bem o seu papel e vamos continuar a envidar esforços para que as coisas melhorem, para que tenhamos um país seguro, cada vez melhor e garante da integridade e da soberania nacional”, frisou.

Entretanto, considerou que é “de certa forma preocupante” a situação da criminalidade no país, situação para a qual algumas medidas estão em curso.

“Vamos reforçá-las, vamos tomar outras, para que de facto o país esteja em segurança, porque o que tem estado a acontecer não tem que constituir razão para nós baixarmos a guarda. Temos cada vez mais que reforçar essa segurança e penso que os mentores desses atos têm os dias contados”, garantiu. 

Lusa

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.