Ministra da Saúde admite administração da terceira dose

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

A ministra da Saúde, Sílvia Lutucuta, admitiu a possibilidade de administração em 2022 de uma terceira dose da vacina contra à Covid-19 aos profissionais da linha da frente no combate da pandemia.

Segundo a ministra, que falava no espaço grande entrevista da Televisão Pública de Angola (TPA), a intenção é devido à letalidade das novas vagas da doença por ser muito letal na transmissão e aumentar o número de mortes.

Apesar de constar da  agenda a administração da terceira dose aos profissionais da linha da frente, Sílvia Lutucuta disse que a prioridade é a administração da segunda dose da vacina contra à Covid-19 para a imunização da população.

Dados divulgados dão conta que na primeira vaga, cujo pico foi em Outubro de 2020, o país registou 99 óbitos e 5.635, enquanto na segunda, em Maio, marcada pela circulação das variantes inglesa e sul-africanas, o registo ficou em 198 óbitos e 7.898 casos.

A terceira vaga, que está marcada pela circulação das variantes delta, inglesa e sul-africana, a estatística aponta o registo de 664 óbitos, cujas vítimas são, maioritariamente, idosos e doentes com outras cormobilidades e sem vacina.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.