Cantora Gloria Estefan revela ter sofrido abuso sexual aos 9 anos

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

A estrela do pop e vencedora do Grammy Gloria Estefan revelou, nesta quinta-feira (1), que foi abusada sexualmente por um familiar quando tinha nove anos de idade.

A cantora cubano-americana compartilhou seu trauma de infância num episódio de sua série do Facebook Watch “Red Table Talk: The Estefans”, junto com sua filha e sua sobrinha.

No vídeo, Gloria, agora com 64 anos, afirma que “93% das crianças abusadas conhecem e confiam nos seus agressores. E eu sei disso, porque fui uma delas”.

O abuso foi cometido por um parente distante “em uma posição de poder”, enquanto Estefan frequentava uma escola de música.

O agressor explorou a confiança de sua mãe para se aproveitar de Gloria, conta ela.

Gloria Estefan descreveu como sua mãe “se sentiu sortuda” pelo fato de o professor de música ter dito que sua filha tinha talento e tinha dado especial atenção a ela.

“Sabia que essa era uma situação muito perigosa”, disse Estefan.

“E, quando me rebelei e disse a ele que isso não poderia acontecer, que não podia fazer aquilo, ele me disse: ‘Seu pai está no Vietnã, sua mãe está sozinha, e eu vou matá-la se você contar a ela'”, relatou a cantora, que contou ter perdido cabelo pela ansiedade gerada por essa situação.

Finalmente, Gloria contou a sua mãe o que estava a acontecer, e ambas chamaram a polícia. Foram aconselhadas a não apresentar queixa, porque a menina “passaria por um trauma pior”, se fosse à corte testemunhar.

No mesmo episódio, aparece Clare Crawley, uma celebridade da televisão, para contar sua própria história de abuso quando era menor.

“Não queria ficar calada, enquanto você é corajosa e compartilha sua história”, disse Estefan a Crawley.

AFP

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.