Presidente da FAF considera disputa da supertaça em Benguela “um sucesso”

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

O presidente da Federação Angolana de Futebol (FAF), Artur Almeida e Silva, manifestou-se, este domingo, satisfeito pelo sucesso da realização da Supertaça em futebol na província de Benguela.

Falando a jornalistas no final do jogo da Supertaça que opôs o Sagrada Esperança ao Petro de Luanda (4-3), o responsável destacou o empenho da Associação Provincial de Futebol (APF) de Benguela e dos clubes na efectivação da Supertaça fora de Luanda.

Questionado sobre qual será o próximo palco da Supertaça, Artur Almeida e Silva, sem dar detalhes, disse que a FAF vai estudar o assunto em função das propostas que vier a receber das associações provinciais.

É nesse sentido que Artur Almeida e Silva promete que a descontinuidade da disputa da Supertaça em Luanda vai continuar a merecer a atenção da FAF, de forma a abranger todo o território nacional.

Para tal, defende que as províncias interessadas em receber essa competição devem estar preparadas em termos de condições desportivas e logísticas.

Também o antigo capitão da selecção nacional de futebol Pedro Garcia deu nota positiva à estratégia da FAF, mas pensa que a Supertaça não deve limitar-se apenas entre as províncias de Benguela e Luanda, mas deve contemplar todo o país.

Para ele, até os jogos da selecção nacional devem ser descentralizados da capital do país para que os adeptos possam conhecer de perto os jogadores e prestar todo o seu apoio à equipa.

Antes da partida da Supertaça, a primeira que acontece fora de Luanda na história do futebol nacional, a FAF homenageou Pedro Garcia em reconhecimento pelos seus feitos em prol do futebol.

Lusa

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.