Brent fecha a semana com valor mais alto desde 2018

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Os preços do petróleo fecharam em alta pelo quarto dia consecutivo nesta sexta-feira (24), com o Brent a alcançar o valor mais alto em quase três anos, num mercado onde a oferta se anuncia persistentemente insuficiente e diante da demanda crescente.

O barril de Brent do Mar do Norte, de referência para Angola, para entrega em novembro fechou a 78,09 dólares em Londres, em alta de 1,08% em relação ao fecho de quinta. Trata-se do nível de fecho mais elevado desde 22 de outubro de 2018.

Em Nova York, o barril de WTI para entrega no mesmo período, fechou em alta de 0,92% a 73,98 dólares.

Para Michael Lynch, presidente da consultoria Strategic Energy & Economic Research (SEER), esta alta se deve à opinião dos operadores, que consideram a oferta de petróleo insuficiente no mundo.

“Ver baixar as reservas (comerciais americanas) cada vez mais faz pensar que o mercado continuará tenso pelo menos por algum tempo”, comentou.

No Golfo do México, 31 plataformas que foram evacuadas antes do furacão Ida, há quatro semanas, continuam inoperantes.

Segundo a analista Louise Dickson, da Rystad Energy, as perturbações provocadas por Ida vão privar o mercado de 300.000 barris diários entre o fim de agosto e dezembro.

A demanda, enquanto isso, não dá sinais de fragilidade, com alta nas importações de petróleo na Índia, uma melhora da situação sanitária na Europa, a suspensão das restrições de entrada no território pelos Estados Unidos, o que deverá reativar as viagens e a demanda de combustível pelas companhias aéreas.

AFP

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.