Angola vai fazer o seu próprio caminho no pós-acordo com FMI – Vera Daves

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

A ministra das Finanças, Vera Daves de Sousa garantiu que Angola é quem vai decidir o seu próprio destino assim que terminar o acordo de assistência técnica ampliado que mantém com o FMI.

Falando à Rádio Nacional de Angola esta sexta-feira (24) à margem das reuniões dos directores do fundo e do Banco Mundial para África, Vera Daves informou que o acordo que Angola mantém com o FMI termina já dentro de três meses, altura em que será feita a sexta e última avaliação.

A Ministra das Finanças, que chefia a missão angolana, em Washington, avançou que apesar de ser Angola passar a decidir o seu futuro, o país vai continuar a contar com o apoio do FMI.

Vera Daves reuniu-se, igualmente, esta sexta-feira com o Vice-Presidente do Banco Mundial para África, Fezh Ghané, com quem passou em revista um conjunto de projectos a serem financiados no país.

A delegação angolana tem se desdobrado em encontros com os seus parceiros e potenciais investidores. A ministra das Finanças, recebeu ainda do Exximbank dos EUA, a informação de que duas instituições financeiras norte-americanas estão abertas em ajudar financeiramente o nosso país. Para a ministra Vera Daves, é uma boa notícia, mas é preciso antes avaliar bem as condições para não se cometer erros.

As duas reuniões antecipam as assembleias gerais anual das duas instituições financeiras de Bretton Woods, que decorre em Washington, EUA, a partir da próxima semana.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.