Hungria cumpre um jogo à porta fechada e paga 185 mil euros por racismo

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

A seleção masculina de futebol húngara vai cumprir um jogo da qualificação para o Mundial2022 à porta fechada, além de pagar uma multa de cerca de 185 mil euros, devido aos insultos racistas dos adeptos a jogadores ingleses.

A decisão, hoje divulgada pela FIFA, é uma das maiores penalizações financeiras da cúpula do futebol mundial, aplicando-se à federação da Hungria.

Em Budapeste, no dia 02 de setembro, os ingleses golearam os húngaros por 4-0, mas vários dos seus jogadores foram alvo de constantes insultos e outros abusos racistas.

Além do jogo à porta fechada, será cumprido um outro se houver reincidência num prazo de dois anos, e a própria UEFA já tinha sancionado os húngaros com dois jogos de suspensão, aí por cânticos racistas durante o Euro2020.

Essa suspensão terá efeito em junho, durante os encontros da Liga das Nações, mas o próximo jogo da Hungria, com a Albânia em 09 de outubro, acontecerá sem ninguém nas bancadas.

Lusa

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.