Ministro da Saúde de Moçambique alerta para falta de camas dentro de “pouco tempo”

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

O ministro da Saúde de Moçambique alertou hoje que a capacidade de internamento de doentes de covid-19 vai esgotar-se “dentro de pouco tempo”, caso a taxa de infeção continue elevada, apelando à população para cumprir as medidas de prevenção.

“O país poderá entrar, dentro de pouco tempo, numa situação de falta de disponibilidade de camas, a não ser que o nosso comportamento mude numa perspetiva de implementação adequada das medidas de prevenção”, afirmou Armindo Tiago, em declarações aos jornalistas.

O governante recordou que a província de Maputo já não tem camas para doentes de covid-19 e que a cidade de Maputo caminha para o mesmo cenário.

“A capacidade de internamento na província de Maputo foi ultrapassada e está acima de 100% e, nas outras províncias, embora a capacidade de internamento esteja ainda abaixo de 70%, devemos entender que o nível diário de admissões nos hospitais é muito alto”, declarou o ministro da Saúde moçambicano.

Moçambique está em plena terceira vaga da pandemia e atingiu hoje as 1.257 mortes e 108.760 infeções.

Devido ao aumento de casos da pandemia, o Presidente moçambicano, Filipe Nyusi, agravou as limitações ao comércio e circulação de pessoas, baixando das 22:00 (21:00 em Lisboa) para 21:00 o início do recolher obrigatório.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 4,1 milhões de mortos em todo o mundo, entre mais de 192,5 milhões de casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o balanço mais recente da agência France-Presse.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em países como o Reino Unido, Índia, África do Sul, Brasil e Peru.

Lusa

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.