Furto e roubo por esticão na via pública são dos crimes mais frequentes no Talatona

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

A Polícia Nacional (PN) deteve durante o período de abril a junho, um total de 313 cidadãos por estarem implicados em crimes de natureza diversa, destacando os crimes de furto e roubo por esticão.

Os dados foram avançados esta sexta-feira, pelo Comandante Municipal de Talatona, Subcomissário, Joaquim do Rosário, durante a apresentação do relatório de segurança pública, ao Comandante-Geral da PN, Comissário-Geral, Paulo Gaspar de Almeida, que trabalhou naquele Comando.

Joaquim do Rosário destacou o furto e roubo por esticão na via pública, nos estabelecimentos comerciais e nas residências, bem como os homicídios e abusos sexuais, como sendo os mais preocupantes, porém controlados pela Polícia Nacional de Angola.

O Subcomissário explicou que, a detenção dos suspeitos foi resultado de acções operativas, realizada pelas Forças Policiais, com a colaboração dos munícipes, face a um trabalho de Policiamento de proximidade levado a cabo pelo Comando Municipal de Talatona.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.