BPC sofre ataque cibernético

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

O Banco de Poupança e Crédito (BPC), maior banco de capitais públicos angolanos, sofreu um ataque cibernético de “origem e causas desconhecidas” que “afetou alguns servidores” na sua plataforma tecnológica, anunciou hoje a administração.

Em comunicado, o BPC afirmou que logo que foi detetado o ataque à sua plataforma tecnológica, a unidade bancária “seguiu os protocolos de segurança previstos para proteger a integridade dos ativos financeiros dos seus clientes”.

E, adianta o banco público angolano, “deu início a uma rigorosa investigação sobre a ocorrência”.

Segundo o banco estatal angolano, que se encontra em reestruturação, o ataque afetou alguns servidores e encontram-se temporariamente limitados alguns dos serviços prestados nas agências da sua rede comercial.

Em alternativa, refere o BPC, “os clientes podem continuar a utilizar de forma regular os seus serviços através da rede multicaixa.

Sem especificar quando ocorreu e qual a dimensão do referido ataque, a unidade bancária informa ainda que “foram tomadas todas as providências necessárias para se restabelecer a normalidade no mais curto espaço de tempo possível”.

Lusa

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.