Portugal envia 50.000 doses de vacinas para Angola

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Portugal vai disponibilizar a Angola 50.000 doses de vacinas contra a covid-19, para apoiar as autoridades angolanas no plano de vacinação, que chegam na quinta-feira à capital angolana, foi hoje anunciado.

As vacinas vão ser entregues às “autoridades competentes angolanas numa cerimónia com o Ministério da Saúde”, referiu, em comunicado, o Ministério dos Negócios Estrangeiros português.

O documento acrescenta que as 50.000 doses serão “acompanhadas do material necessário para viabilizar a sua administração”, incluindo seringas e agulhas.

O Governo português assumiu o compromisso de disponibilizar pelo menos 5% dos seus lotes de vacinas para os Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP) e Timor-Leste.

Já foram enviadas doses para Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique e São Tomé Príncipe.

Timor-Leste deverá receber na próxima semana as primeiras 12 mil vacinas oferecidas por Portugal.

Angola contabiliza 40.327 casos de covid-19 desde o início da pandemia, incluindo 946 óbitos e 34.584 recuperados, estando agora ativos 4.797 casos.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 4.053.041 mortos em todo o mundo, entre mais de 187,7 milhões de casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o balanço mais recente da agência France-Presse.

De acordo com os dados mais recentes do Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana, o continente ultrapassou hoje os seis milhões de caso, estando imerso numa agressiva terceira onda da doença.

A doença é transmitida pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Lusa

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.