Maria Borges defende a criação de um banco de imagens turísticas

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

A embaixadora do turismo em Angola, a modelo Maria Borges, almeja a criação de um banco de imagens das potencialidades turísticas do país, a serem divulgadas pelo mundo para atrair investidores nacionais e estrangeiros.

A modelo manifestou essa intenção hoje, em Malanje, no quadro da visita turística que efectua a província, tendo realçado que as potencialidades turísticas do país não são exploradas, pelo que se perde receitas, daí a intenção de trabalhar num projecto que venha a culminar com a criação do referido banco de imagens.

“Temos maravilhas no país que não são exploradas”, reiterou, acrescentando que com vista a promoção e divulgação da imagem de Angola, vem levando a cabo uma digressão pelas províncias do país.

“Vou tentar sensibilizar as autoridades do país, no sentido de tudo se fazer para preservar e explorar o potencial turístico de Angola”, realçou, dando destaque ao Parque Nacional de Cangandala, Habitat da Palanca Negra Gigante, antílope raro no mundo, apenas existente em Malanje.

Realçou, durante uma visita que efectuou na terça-feira (13) ao Parque Nacional de Cangandala, ter constatado, com agrado, a existência de alojamentos para turistas e o projecto de construção do santuário da Palanca Negra Gigante, local em que os visitantes terão acesso à vista do animal, aspectos que constitui motivo de atracção de investimentos.

Explicou que está a trabalhar em colaboração com o Infotur (Instituto de Fomento do Turismo) e com o Ministério de tutela, com vista a alavancar o sector no país.

Por sua vez, o administrador do Parque de Cangandala, Victor Paca, apontou a visita de Maria Borges como uma oportunidade para se despertar o interesse das autoridades em prestar mais atenção ao animal e promover a sua divulgação.

Maria Borges iniciou segunda-feira última, com termino previsto para quinta-feira (15), uma visita turística a Malanje com o intuito de radiografar e registar imagens dos principais pontos de atracção da província, com destaque para o Parque de Cangandala, Rápidos do Kwanza, Quedas de Calandula e Pedras Negras de Pungo-Andongo.

No mesmo âmbito, a modelo angolana já visitou vários pontos turísticos das províncias do Namibe e Huíla.

Angop

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.