PR de Cabo Verde vai receber no Brasil quinto título ‘Honoris Causa’

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

O Centro Universitário de Brasília, universidade privada brasileira, vai atribuir este mês o grau e título de Doutor ‘Honoris Causa’ ao Presidente de Cabo Verde, o quinto de Jorge Carlos Fonseca, anunciou hoje o chefe de Estado cabo-verdiano.

“Muito provavelmente, a cerimónia de homenagem pela universidade brasileira ocorrerá ainda no fim deste mês de julho, em Brasília”, anunciou Jorge Carlos Fonseca, através da sua conta oficial na rede social Facebook.

O título e grau a atribuir pelo Centro Universitário de Brasília é idêntico aos já concedidos, também no Brasil, pela Universidade Federal do Ouro Preto (2019), em Portugal pela Universidade de Lisboa (2017) e Universidade Portucalense (2021), e no Senegal, pela Universidade Cheikh Anta Diop (2019).

Jurista, professor universitário e escritor cabo-verdiano, Jorge Carlos Fonseca, 70 anos, cumpre o segundo e último mandato como Presidente de Cabo Verde, que termina com as eleições presidenciais de 17 de outubro próximo.

Jorge Carlos Fonseca também já foi agraciado com as medalhas Reitoral de Honra da Universidade Hradec Králové (República Checa, 2016), ‘Ius et Iustitia’ pela Faculdade de Direito de Huelva (Espanha, 2020) e de Honra e Mérito pela Universidade Colinas de Boé (Guiné-Bissau, 2021).

“É uma distinção que sabe bem porque nos sentimos reconfortados e estimulados a desempenhar o papel de Presidente da República da melhor maneira possível sabendo, contudo, que faltam cinco meses para acabar o meu segundo mandato, não podendo ser reeleito”, afirmou Carlos Fonseca, no Porto, em 16 de junho último, depois de receber da Universidade Portucalense – Infante D. Henrique, o título ‘Honoris Causa’.

“Quando me candidatei a Presidente da República em 2011 candidatei-me com o ‘slogan’ Presidente junto das pessoas, estilo de intervenção que manterei até ao fim do meu mandato, ainda que com restrições devido à pandemia de covid-19”, referiu.

Na justificação da atribuição do título ‘Honoris Causa’ ao chefe de Estado cabo-verdiano, aquela universidade referiu tratar-se de “um insigne estadista, distinto jurista nas áreas de Direito Penal, Processual Penal e Constitucional, reconhecido professor universitário e relevante Homem da Cultura”.

No campo político, a instituição destacou “a sua longa ação em defesa da independência dos povos, desde logo e em primeiro lugar do povo de Cabo Verde, da democracia e da cooperação internacional”.

Presidente da República desde 2011, Jorge Carlos de Almeida Fonseca tem exercido “vasta atividade docente em universidades e outras instituições”, sublinhou.

A Universidade Portucalense realçou ainda, no seu currículo, a atribuição do Grande Colar da Ordem da Liberdade, pelo Estado Português, em 10 de abril de 2017, e o título de Doutor ‘Honoris Causa’ pela Universidade de Lisboa, em 23 de novembro de 2017.

Lusa

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.