Toni Kroos anuncia adeus à seleção da Alemanha

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

O futebolista internacional alemão Toni Kroos, médio do Real Madrid, anunciou hoje a renúncia à seleção germânica, três dias após a eliminação frente à Inglaterra, nos oitavos de final do Euro2020.

“Joguei 106 vezes pela Alemanha. Não haverá outra vez”, escreveu Kroos, de 31 anos, que marcou 17 golos pela seleção, na conta oficial na rede social Instagram.

O médio do Real Madrid referiu que “já tinha tomado a decisão de deixar a seleção após o Euro2020”, adiado para este ano devido à pandemia de covid-19, e tinha deixado claro que “não estaria disponível para o Mundial de 2022, no Qatar”.

“Foi uma grande honra usar esta camisola por tanto tempo. Fiz isso com orgulho e paixão”, disse Kroos, adiantando que agora quer concentrar-se no Real Madrid e no tempo livre disponível para a família.

Kroos já tinha pensado em retirar-se após o fracasso retumbante da seleção treinada por Joachim Löw no Mundial de 2018, na Rússia, mas o selecionador alemão, que também deixou o cargo, conseguiu convencê-lo a ficar.

O médio, que representou o Bayern Munique e o Bayer Leverkusen antes de ingressar no Real Madrid, em 2014/15, disputou o seu primeiro jogo pela seleção germânica em março de 2010.

Jogador do ano na Alemanha em 2018, Toni Kroos conquistou quatro Ligas dos Campeões, uma com o Bayern Munique, em 2013, e três com o Real Madrid, em 2016, 2017 e 2018.

A Alemanha começa na próxima semana uma nova ‘era’, com a chegada do novo selecionador e antigo adjunto de Joachim Löw, Hansi Flick, que fez história ao vencer o campeonato, Taça da Alemanha e Liga dos Campeões com o Bayern Munique, em 2020.

Lusa

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.