África ultrapassou 5,5 milhões de casos e 142 mil mortos

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

O continente africano já ultrapassou os 5,5 milhões de casos de infeções por covid-19, anunciaram hoje as autoridades sanitárias africanas, apontando que há 88% de recuperações, equivalente a 4,8 milhões de pessoas.

“Temos 5,5 milhões de casos reportados no continente, equivalente a cerca de 3% do total de casos a nível mundial, e temos 4,8 milhões de recuperações, o que representa 88% dos casos reportados”, disse o líder do Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana (África CDC), John Nkengasong.

“Infelizmente, 142 mil pessoas morreram, o que equivale a uma taxa de letalidade de 2,6%”, acrescentou o médico camaronês durante a conferência de imprensa semanal emitida a partir de Adis Abeba.

Nkengasong acrescentou que África “está no meio da terceira vaga, muito agressiva, e 21 países estão a passar por esta terceira vaga muito severa, sendo que em 10 deles a vaga é extremamente agressiva”, disse, apontando que há vários países que entraram nesta fase, incluindo Eritreia, Moçambique, Ruanda, Serra Leoa e Zâmbia.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 3.940.888 mortos no mundo, resultantes de mais de 181,7 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP. 

A doença respiratória é provocada pelo novo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China. 

Lusa

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.