Mãe acusada de deitar recém-nascido na latrina

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Uma mulher de 27 anos de idade está a ser acusada de deitar uma recém-nascida no interior de uma latrina, com quatro metros de profundidade, na vila de Cazombo, município do Alto Zambeze, província do Moxico.

Em declarações à imprensa, acusada, mãe de mais quatro crianças, alegou que o acto foi espontâneo.

 “Não estava com dores de parto, apenas fui à latrina porque estava a sentir febres e sintomas de vómitos. Foi quando senti o bebé a sair e caiu no buraco”, confessou.

Apesar de ter caído na latrina, a criança foi salva com vida e recebe tratamento na maternidade municipal do Alto Zambeze.

O médico em serviço, António dos Santos, afirmou que o estado da criança é estável, apesar de correr o risco de desenvolver uma pneumonia.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.