Maria Borges é rosto da campanha “Juntos e Todos Pelo Turismo”

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

O ministro da Cultura, Turismo e Ambiente, Jomo Fortunato, anunciou, nesta terça-feira, o lançamento, a 25 deste mês, da campanha “Juntos e todos pelo turismo”. A campanha, a cargo do Instituto do Fomento do Turismo (INFOTUR), a ter como rosto a super modelo angolana Maria Borges, destina-se a aproveitar a imagem e a influência da modelo para projectar o turismo angolano além-fronteiras.

Enquadrado na Estratégia Nacional do Turismo, trata-se de um programa capaz de transformar o sector como alternativa económica e social, a julgar pelas inúmeras potencialidades turísticas do país.

Segundo o ministro, que após reunir com a modelo Maria Borges, designada Embaixadora do Turismo Angolano, diz estar, igualmente, previsto o lançamento de uma plataforma internacional com os principais atractivos culturais, turísticos e ambientais.

“Penso que a Maria Borges pode desempenhar um importante papel neste projecto”, afirmou Jomo Fortunato.

Conforme o ministro, a plataforma servirá de suporte do Concurso Internacional de Investimento Turístico.

Em relação ao fomento do turismo em época de Covid-19, Jomo Fortunato avançou que está já em carteira o lançamento do projecto “A rota dos Museus”, que consiste na massificação de visitas a estes locais, partindo dos principais hotéis da capital do país.

“Este tour será acompanhado de um guia turístico”, disse Jomo Fortunato, acrescentando que deverá ser associada ao projecto “Somos Angola, Somos Cultura”, com uma programação de espectáculos semanais no palácio de ferro.

Jomo Fortunato avançou que será feito um maior investimento, sobretudo nos pólos turísticos, como forma de potencializar os locais e atrair o turismo interno e internacional.

Por seu turno, Maria Borges, em declarações à ANGOP, afirmou que a consagração como Embaixadora do Turismo Angolano traz consigo várias responsabilidades, tendo como prioridade a divulgação e apresentação do potencial turístico de Angola a nível mundial.

“Com o desenvolvimento deste projecto, vou procurar, de alguma forma, atrair o investimento estrangeiro para o sector do turismo em Angola”, referiu.

Relativamente a capacidade angolana no sector, Maria Borges considerou ter um grande potencial natural, mas que cabe a cada um dos angolanos procurar divulgar o portfólio turístico do país, no sentido de atrair investimento.

Angop

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.