Moçambique reinstala brigadas para emissão de passaportes nos postos fronteiriços

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

O Serviço Nacional de Migração de Moçambique vai, a partir da próxima semana, reinstalar brigadas para a emissão de passaportes nos postos fronteiriços da província de Maputo, anunciou fonte oficial.

“A ambição é facilitar o processo e aproximar os nossos serviços às comunidades”, disse à Lusa o porta-voz do Serviço Nacional de Migração na província de Maputo, Juca Bata.

Os custos para emissão do passaporte nas brigadas são os mesmos cobrados a nível central: 2.400 (pouco mais de 32 euros).

Além de facilitar a emissão de passaportes, a iniciativa visa reduzir os casos de emigração ilegal na província.

“Na verdade, a iniciativa não é nova. Já a tínhamos adotado anteriormente, mas com a covid-19 tivemos de a travar. Portanto, trata-se de um segundo momento, cujo objetivo é garantir que as pessoas estejam mais próximas dos nossos serviços”, frisou.

A província de Maputo conta com quatro postos fronteiriços, de um total de 56 existentes em todo país.

Lusa

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.