Morreu hoje em Lusaca Kenneth Kaunda

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

O fundador e primeiro presidente da República da Zâmbia, Kanneth Kaunda, faleceu hoje, em Lusaca, por doença aos 97 anos de idade, soube-se de fonte oficial.

 O ex-estadista estava internado desde segunda-feira num hospital militar em Lusaca,  segundo o seu assistente administrativo, Rodrick Ngolo, que não especificou neste mesmo dia o problema de saúde do ex-governante.

Na altura, Ngolo disse apenas que Kaunda “não está se sentindo bem” e foi internado no Hospital Militar Maina Soko da capital Lusaca.

Kaunda, uma das últimas figuras sobreviventes da luta anticolonial da África na década de 1950, tornou-se o primeiro presidente da Zâmbia em 1964, ano em que o país conquistou a independência do Reino Unido.

Popularmente conhecido como “KK” (iniciais de seu nome), o ex-presidente foi um crítico feroz do sistema segregacionista do apartheid na África do Sul e do governo de minoria branca na Rodésia (atual Zimbábue).

Inicialmente, Kaunda fez grandes avanços para melhorar a vida dos zambianos, mas falhou em cumprir sua promessa de manter a democracia ao introduzir um estado de partido único em 1973.

Em 1991, sob pressão da oposição, restaurou a democracia multipartidária convocando eleições nas quais foi derrotado e deixou o poder pacificamente.

Angop

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.