Europeu em futebol começa com angolano no palco da música

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

O Campeonato Europeu de Futebol, conhecido abreviadamente por EURO, inicia nesta sexta-feira com a presença inédita do angolano Preto Show no palco, interpretando uma canção que promove a força da língua portuguesa e o espírito integrador da competição.

O autor do trecho, o português David Carreira, juntou igualmente ao elenco os brasileiros Giulia B e Ludmilla para darem voz à versão lusa do hino do Euro´2020 “Vamos com Tudo”.

Preto Show começou a carreira musical em 2008, na província de Cabinda, sua terra natal, cantando o estilo kuduro, sendo hoje um artista requisitado dentro e fora de Angola.

O versátil artista ganhou maior notoriedade quando em 2016 lançou o seu primeiro álbum, “Panamera”, oferecido ao público em troca de bens não perecíveis, como roupas, calçados, materiais didácticos e alimentos, que foram doados a vários centros de acolhimento.

O Euro´2020, adiado para este ano devido à pandemia de Covid-19, decorrerá em 11 cidades de 11 países, entre 11 de Junho e 11 de Julho.

O jogo de abertura disputa-se às 20 horas desta sexta-feira, em Roma, entre a Itália e a Turquia.

A selecção portuguesa, campeã em título, estreia-se dia 15 frente a Hungria, em Budapeste, a capital desse país.

A equipa, liderada tecnicamente por Fernando Santos, integra o grupo F e além do jogo com os húngaros, defronta a Alemanha, dia 19 em Munique, e a França, a 23, novamente na capital húngara.

Sobre a competição, Cristiano Ronaldo manifestou a sua prontidão competitiva. “Estou neste Euro´2020 como se fosse o primeiro”, afirmou.

O atleta da Juventus de Itália acredita na capacidade dos actuais campeões da Europa e diz sentir-se mais motivado do que em 2004, na sua primeira presença num europeu.

“Não vale a pena prometer títulos e nem fazer prognósticos. Aquilo que posso prometer é que vamos entrar em todos os jogos para ganhar”, disse Cristiano Ronaldo à Revista 360, da Federação Portuguesa de Futebol.

Para o capitão do conjunto luso “é óbvio” que todos, na selecção, querem estar no Estádio de Wembley a tentar revalidar o título ganho na edição de 2016″.

O sorteio

Grupo A (Roma/Baku): Turquia, Itália (anfitriã), País de Gales, Suíça
Grupo B (Copenhaga, São Petersburgo): Dinamarca (anfitriã), Finlândia, Bélgica, Rússia (anfitriã)
Grupo C (Amesterdão/Bucareste): Países Baixos (anfitrião), Ucrânia, Áustria, Macedónia do Norte
Grupo D (Londres/Glasgow): Inglaterra (anfitriã), Croácia, Escócia (anfitrião) , República Checa
Grupo E (Sevilha/São Petersburgo): Espanha (anfitriã), Suécia, Polónia, Eslováquia
Grupo F (Munique/Budapeste): Hungria, Portugal (campeão em título), França, Alemanha (anfitriã)

Fase de grupos

Sexta-feira, 11 de Junho

Grupo A: Turquia – Itália (20h00, Roma)

Sábado, 12 de Junho

Grupo A: Gales – Suíça (14h00, Baku)
Grupo B: Dinamarca – Finlândia (17h00, Copenhaga)
Grupo B: Bélgica – Rússia (20h00, São Petersburgo)

Domingo, 13 de Junho

Grupo D: Inglaterra – Croácia (14h00, Londres)
Grupo C: Áustria – Macedónia do Norte (17h00, Bucareste)
Grupo C: Países Baixos – Ucrânia (20h00, Amesterdão)

Segunda-feira, 14 de Junho

Grupo D: Escócia – República Checa (14h00, Glasgow)
Grupo E: Polónia – Eslováquia (17h00,   São Petersburgo)
Grupo E: Espanha – Suécia (20h00, Sevilha)

Terça-feira, 15 de Junho

Grupo F: Hungria – Portugal (17h00, Budapeste)
Grupo F: França – Alemanha (20h00, Munique)

Angop

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.