Preço do petróleo da OPEP ultrapassa 70 dólares pela 1.ª vez em 18 meses

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

O preço do petróleo da OPEP ultrapassou a barreira dos 70 dólares pela primeira vez em 18 meses, depois de seis dias consecutivos de aumentos, ao ser negociado a 70,21 dólares por barril na sexta-feira, foi hoje anunciado.

O secretariado da organização com sede em Viena adiantou que o barril utilizado como referência pela Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP), uma mistura de treze qualidades de petróleo (uma para cada país membro), não tinha sido vendido a mais de 70 dólares desde 06 de janeiro de 2020, ou seja, desde antes do início da pandemia afundar os preços do petróleo.

O valor de sexta-feira, superior em 0,46% ou 0,32 dólares ao de quinta-feira, é o resultado de uma tendência de subida sustentada nas últimas duas semanas, que acumula um aumento de 10%.

A média do preço do barril da OPEP desde o início deste ano é agora de 62,43 dólares, aproximando-a dos 64,04 dólares que atingiu em média em 2019, depois de ter caído 35% no ano passado para 41,47 dólares devido à crise da pandemia.

Segundo os analistas, por trás da atual valorização do chamado “ouro negro” está a perspetiva de uma forte recuperação da procura para relançar a atividade económica, especialmente as viagens e o turismo, à medida que a vacinação contra a covid-19 avança, especialmente nos Estados Unidos, Europa e China.

Nesta situação, a decisão da OPEP e dos 10 aliados, incluindo a Rússia, de manter os fornecimentos limitados e apenas os aumentar gradualmente e os controlar (em cerca de dois milhões de barris por dia entre maio e julho), contribuiu também para a subida do preço do petróleo.

Lusa

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.