Presidente do Botswana desembarca em Luanda

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

O Presidente da República do Botswana, Mokgweetsi Masisi, desembarcou na tarde deste domingo (30) na capital angolana (Luanda), dando início a uma visita oficial de dois dias ao país, com foco no reforço da cooperação entre os dois Estados.

No aeroporto internacional 4 de Fevereiro, Mokgweetsi Masisi, que tem previsto para segunda-feira (31), um encontro com o seu homólogo angolano, João Lourenço, foi recebido pelo ministro angolano das Relações Exteriores, Teté António.

Relações político-diplomáticas

As relações político-diplomáticas entre Angola e o Botswana remontam a 18 de Fevereiro de 1976. Em Fevereiro de 2006, os dois países assinaram um Acordo Geral de Cooperação.

Tal como Angola, o Botswana é membro da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC), organização de integração regional com 16 membros.

Os dois países também fazem parte do projecto Okavango/Zambeze, partilhado ainda pela Namíbia, Zimbabwe e Zâmbia, num total de 278 mil quilómetros quadrados.

A Bacia do Okavango é uma região rica em biodiversidade, com mais de 400 espécies de aves e cem mamíferos, entre outros animais.

Angola possui a segunda maior parcela do projecto, com 87 mil quilómetros quadrados, atrás da Zâmbia, que disponibilizou 97 mil quilómetros quadrados de terra.

Os cinco países pretendem com o projecto a partilha de benefícios provenientes dos recursos da biodiversidade, através das melhores práticas de gestão, da conservação, do turismo e de oportunidades alargadas de meios de subsistência para as populações das áreas circunscritas ao projecto.

Áreas de cooperação

Na cooperação entre Angola e o Botswana, o sector dos diamantes, a par dos da educação, saúde e meio ambiente, é prioritário.

O Botswana é um grande produtor de diamantes a nível mundial e Angola busca a experiência desse país na extracção e na lapidação.

Actualmente, a produção diamantífera do país, com a maior concentração de elefantes do mundo (mais de 50 mil), corresponde a cerca de 60 por cento das suas exportações.

Em média, entre 2002 e 2016 foram produzidos 26 milhões de quilates por ano, o que faz do Botswana o segundo maior produtor global de diamante, apenas atrás da Rússia.

Outra importante fonte de rendimento do Botswana é o ecoturismo. Dados de 2015 indicam que no mesmo ano cerca 1,5 milhão de turistas internacionais visitaram ao país.

O território do Botswana ocupa 581 mil quilómetros quadrados, com imensas savanas virgens. Cerca de 17 por cento dessas terras estão reservadas para parques nacionais.

Situado na África Austral, o território do Botswana não possui saída para o mar e limita-se ao Norte com a Zâmbia, a Leste com Zimbabwe, ao Sul com a África do Sul, a Oeste e Noroeste com a Namíbia.

Angop

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.