EU chega acordo para reabertura das fronteiras a passageiros totalmente vacinados

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Os representantes dos 27 Estados-membros da União Europeia (UE) alcançaram um acordo que permitirá a entrada no espaço Schengen de viajantes procedentes de países de fora do bloco que estejam totalmente vacinados, informaram nesta quarta-feira fontes europeias.

Diante da proximidade da temporada de verão, os embaixadores dos 27 países aprovaram uma recomendação da Comissão Europeia, cuja aplicação não é, no entanto, obrigatória.

Um dos aspetos centrais do acordo é uma modificação no número de casos de covid-19 que devem ser registados num determinado país para que este seja considerado pouco seguro e, desta forma, permitir o acesso a mais viajantes.

As recomendações devem ser validadas a nível ministerial na sexta-feira (21), disseram as fontes consultadas pela AFP. Atualmente, as viagens não essenciais para o espaço da UE são proibidas, à exceção de um pequeno grupo de países considerados seguros por seu baixo número de casos de covid-19.

Até o momento, esta lista inclui Austrália, Israel, Nova Zelândia, Ruanda, Singapura, Coreia do Sul, Tailândia e China, embora no caso deste último a situação esteja à espera de reciprocidade.

Diplomatas disseram nesta quarta-feira que, com o novo acordo, os passageiros que puderem comprovar que foram plenamente vacinados poderão viajar para espaço europeu.

Para que um país seja considerado seguro, o rácio de positividade, ou seja, o número de casos positivos por 100.000 habitantes passa ser 75, contra os anteriores 25.

AFP

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.