SIC detém 12 indivíduos acusados de desviar 25 milhões de kwanzas do BPC

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Doze indivíduos acusados de desviar 25 milhões e 386 mil Kwanzas do Banco de Poupança e Crédito (BPC), na província do Uíge, foram apresentados ao público, nesta terça-feira, pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC).

Os desvios ocorreram entre Dezembro de 2020 e o mês corrente (Maio) e os seus supostos autores foram detidos há quatro dias.

Os acusados, com idades entre os 19 e 41 anos, faziam uso de cartões multicaixa para efectuar levantamentos e transferências de avultadas somas de contas domiciliadas no BPC para outras instituições bancárias, principalmente quando o sistema do banco público apresentava fragilidades.

Ao falar no acto de apresentação pública dos alegados implicados na fraude, o porta-voz da Delegação Provincial do Ministério do Interior no Uíge, Zacarias Fernando, explicou que desde Abril a Maio deste ano transacionaram fraudulentamente do BPC cerca de  Kz 13 milhões. 

Adiantou que o Serviço de Investigação Criminal e a Procuradoria-Geral da República no Uíge prosseguem com as investigações para apurar o hipotético envolvimento de alguns funcionários do BPC no crime, frisando que os valores defraudados estavam a aumentar cada vez mais.

Os alegados implicados, que se encontram em prisão preventiva, foram encaminhados ao Ministério Público, para a legalização da situação carcereira dos mesmos.

Zacarias Fernando disse que inúmeras notificações feitas ao SIC sobre a recorrência deste crime despoletaram as investigações que resultaram na detenção dos supostos criminosos.

Angop

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.