Guiné-Conacry anuncia epidemia de febre Lassa

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

O Governo guineense anunciou na segunda-feira que a epidemia de febre de Lassa atingiu o sul do país, tendo já causado uma morte, enquanto foram registados 30 casos de contacto, anunciaram as autoridades.

“Num momento em que o Governo envida esforços louváveis pela dupla resposta contra a pandemia de covid-19 e a epidemia de Ébola na Guiné-Conakry, o país acaba de registar um caso mortal de febre de Lassa na região de Yomou, em Maio de 2021”, indicou o ministro da Saúde, Rémy Lamah, num comunicado de imprensa divulgado hoje.

O ministro precisou que as investigações em curso nesta região situada a mais de 1000 quilómetros a sudoeste de Conakry notificaram 30 casos de contacto que estão identificados e a serem acompanhados.

Lamah afirmou ainda que a amostra retirada do falecido teve resultado positivo para febre de Lassa após dupla confirmação dos laboratórios de N’Zérékoré e da Unidade de febres hemorrágicas de Conakry.

“Diante desta situação e em aplicação do Regulamento Sanitário Internacional (RSI), o ministério da Saúde declara a epidemia de febre de Lassa na zona de Yomou, região administrativa de N’Zérékoré”, declarou titular da pasta da Saúde.

Assim, o Governo implementou vários mecanismos, incluindo a sensibilização das populações e dos serviços de saúde às medidas universais de prevenção e de controlo das infecções, o reforço da vigilância epidemiológica e o tratamento dos casos suspeitos com o fármaco Ribavirin nas estruturas de saúde identificadas.

O ministro da Saúde lançou finalmente um apelo à ajuda de parceiros estrangeiros, a fim de conter a evolução desta epidemia.

Lusa

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.