Países africanos devem apostar em investimentos que mudem as economias – OCDE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) defendeu hoje que as economias africanas devem aumentar o esforço de investimentos na transformação produtiva, que alimentará a recuperação económica e gerará mais empregos de qualidade.

O documento de trabalho, lançado na véspera da cimeira de Paris sobre o financiamento das economias africanas, argumenta que “um dos principais fatores que impede a transformação produtiva e o desenvolvimento do setor privado tem sido o défice de investimento em infraestruturas, entre os 130 e os 170 mil milhões de dólares [107 a 140 mil milhões de euros] por ano”.

A organização aponta que, por causa disto, “a fraca logística que daí resulta reduz a produtividade ao nível das empresas em até 40%, abaixo dos concorrentes globais e asfixiando a sua capacidade de gerar empregos de qualidade”.

No documento de trabalho, a OCDE escreve que “os projetos de infraestrutura proporcionam significativos ganhos de desenvolvimento, desde que as políticas certas, como a garantia de serviços sociais básicos, estejam em funcionamento”.

As três ações que a OCDE defende que os governos da região devem implementar o aprofundamento do envolvimento dos governos com os seus pares e com o setor privado, para identificar políticas que melhorem as finanças públicas, fortalecimento das instituições para atrair investimento privado e, por último, a criação de um ecossistema africano de infraestruturas, que garanta aprovação bancária para projetos de qualidade.

Lusa

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.