Angola com número recorde de 18 mortes e mais 154 casos

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Angola registou um número recorde de 18 mortes em 24 horas devido à covid-19, bem como 154 novas infeções, anunciou hoje o secretário de Estado angolano para a Saúde Pública, Franco Mufinda.

“Pela primeira vez, registámos um número elevado de mortes”, realçou o governante.

As autoridades de saúde reportaram a morte de 12 homens e de seis mulheres, entre 30 e 81 anos, dos quais 11 em Luanda, quatro na Huíla e três em Cabinda, todos de nacionalidade angolana.

Dos 154 novos casos, 131 foram registados em Luanda, 14 no Huambo, quatro na Huíla, três no Bié, um em Benguela e um no Zaire, com idades de 8 meses a 83 anos, sendo 92 de sexo masculino e 62 do feminino.

Outras 280 pessoas recuperaram da doença, com idades entre 1 e 83 anos, das quais 253 em Luanda.

Angola passa a ter assim um total de 30.791 casos, 677 óbitos, 25.995 recuperados e 4.119 ativos, dos quais 23 em estado crítico, 42 graves, 165 moderados e 54 leves.

Estão internados 284 doentes.

Foram processadas neste período 1.115 amostras, num cumulativo de 542.067 amostras processadas até à data.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 3.381.042 mortos no mundo, resultantes de mais de 162,9 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Lusa

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.