Centralidade do Zango 5 privada de água há 5 dias

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

A Centralidade do Zango 5 está privada de água potável há cinco dias devido aos trabalhos técnicos de avaliação da qualidade da água na estação de tratamento do Calumbo, que abastece a referida centralidade.

Na segunda-feira, a EPAL-EP fez saber através de um comunicado à imprensa que cinco dos 9 municípios da Província de Luanda ficariam privados do fornecimento de água devido às ocorrências de fortes chuvas à montante do rio Kwanza e como consequência, a água chegava as estações de tratamento com elevado teor de matéria orgânica.

Os municípios em causa, eram os de Viana (que inclui o Zango), Kilamba Kiaxi e Talatona (em toda a extensão), e os distritos urbanos da Maianga, Samba e uma parte de Ingombota (município de Luanda) e Belas (excepto a Cidade do Kilamba).

De acordo com o porta-voz da EPAL, Vladimiro Bernardo, “foram superados os constrangimentos que levaram a paralisação das estações de tratamento de água do Luanda Sul, Luanda Sudeste, Kikuxi 1 e 2”. Mas infelizmente, “o mesmo não podemos dizer para a estação de tratamento de água de Calumbo que nesta altura, as equipas técnicas da EPAL estão a proceder ao monitoramento da qualidade da água da referida estação para aferir a conformidade dos parâmetros de qualidade e restabelecer o seu funcionamento o mais breve possível”, esclareceu.

“Deste modo, disse o responsável da EPAL à Rádio Nacional de Angola (RNA), o restabelecimento do fornecimento de água potável nas zonas afetadas, com exceção de toda a extensão do Zango, está já a ser feito de forma gradual e faseada”.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.