Raúl Danda vai a enterrar sexta-feira em Cabinda

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Os restos mortais do deputado Raúl Manuel Danda, falecido sábado, em Luanda, por doença, serão sepultados sexta-feira próxima, na sua terra natal, na província de Cabinda.

A urna contendo os restos mortais do malogrado estará, quarta-feira, exposta durante algumas horas no complexo Sovismo, em Viana, para a homenagem no seio das estruturas do seu partido, a UNITA, após o que sairá para a sua residência, onde pernoitará.

A homenagem ao malogrado deputado à Assembleia Nacional prosseguirá quinta-feira, no Quartel do Estado Maior do Exército (Ex-RI 20), em Luanda.

Segundo o programa das exéquias, renderão homenagem os Titulares dos Órgãos de Soberania, membros do Governo, a governadora de Luanda, deputados, membros do Comité Permanente da UNITA, magistrados Judiciais e do Ministério Público, autoridades eclesiásticas e representantes de partidos políticos, entre outros.

A urna com os restos mortais de Raúl Danda segue nesse mesmo dia (quinta-feira) para a província de Cabinda onde, até ser sepultado, será alvo de homenagem pelas autoridades locais, familiares e população em geral.

Raúl Danda desempenhou, entre outras funções, a de presidente do Grupo Parlamentar da UNITA e vice-presidente da mesma formação política.

O deputado notabilizou-se, também, como jornalista, professor e escritor e actor.

Licenciado em Gestão de Empresas e Ciências Económicas pela Universidade Lusíada de Angola, Raúl Danda nasceu na província angolana de Cabinda, a 13 de Novembro 1957.

Angop

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.