Fundo Habitacional vai concluir centralidade de Malanje

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

A ministra das Finanças, Vera Daves, informou hoje estar em curso um plano de conclusão da centralidade de Malanje e outras infra-estruturas a ela associadas, por via do financiamento do Fundo de Fomento Habitacional.

As obras da centralidade de Malanje, localizada no bairro Carreira de Tiro, arrancaram em 2017 e vêm registando vários interregnos por falta de verbas.

Nesta altura, a empresa encarregue pelos trabalhos queixa-se de atrasos de pagamento na ordem dos dois mil milhões de kwanzas, razão pela qual, segundo a ministra, os Ministérios das Obras Públicas e Ordenamento do Território e Finanças, por intermédio do Fundo de Fomento Habitacional, estão a equacionar esta medida, de modo a finalizar o projecto.

Falando à margem de visita que efectuou as referidas obras e outros projectos da província, Vera Daves precisou que o Fundo deverá, em parceria com o Instituto Nacional da Habitação, vender imóveis que estiverem terminados, com vista a captar receitas e a partir daí concluir outros projectos inacabados, incluindo a centralidade de Malanje.

Associado a isso, segundo a dirigente, estão igualmente em andamento a alteração da orçamentação dos projectos por concluir ao nível do país e as alienações necessárias de activos, a fim de se angariar receitas para serem canalizadas noutras acções.

Por outro lado, sem avançar detalhes, a ministra admitiu haver dificuldades de tesouraria e de emissão de títulos para regularização de pagamentos atrasados, o que não corresponde com as expectativas dos empresários.

Durante a sua visita a Malanje, a ministra das Finanças visitou obras em curso na Estrada Nacional 230, futuro banco de urgência do Hospital Regional de Malanje, Casa da Juventude, Tribunal de Malanje, Escola Amílcar Cabral, Mediateca Provincial, centralidade de Malanje e os projectos do PIIM (Plano Integrado de Intervenção nos Municípios) no município de Cangandala.

Manteve, igualmente, encontro com responsáveis do Gabinete de Estudos, Planeamento e Estatística do governo provincial.

Angop

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.