Adolescente suspeito de matar nove pessoas numa escola russa detido pela polícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Um adolescente foi detido pelas autoridades russas na sequência dos disparos hoje numa escola em Kazan, no centro da Rússia, que fizeram pelo menos nove mortos, de acordo com as fontes das agência de notícias de Moscovo.  

Os serviços de emergência disseram às agências Interfax, TASS e Ria Novosti, que pelo menos nove pessoas foram mortas a tiro: oito alunos e um professor.

De acordo com a TASS, 10 pessoas ficaram feridas, quatro das quais tiveram de ser hospitalizadas de emergência. 

“As forças da ordem prenderam um adolescente, que está na origem dos disparos”, disse uma outra fonte dos serviços de emergência citado pela Ria Novosti. 

“O atirador foi preso, É um adolescente”, disse uma outra fonte à agência Interfax. 

Mesmo assim, segundo a Interfax e a TASS um segundo atirador pode estar ainda no interior do edifício. 

“Nós sentimos uma explosão no edifício da escola e vimos fumo”, disse uma testemunha não identificada pela Ria Novosti.

“Eu estava numa aula e apercebi-me de uma explosão”, confirmou um professor à agência TASS. 

As autoridades de Kazan anunciaram o reforço das medidas de segurança nos outros estabelecimentos de ensino da cidade.

O dirigente local Roustam Minnikhanov encontra-se no local dos disparos para onde as autoridades enviaram 21 ambulâncias.

Lusa

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.