Sagrada na rota do segundo título do Girabola

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

O Sagrada Esperança, novo líder do Campeonato Nacional de futebol (Girabola2020-21), com 41 pontos, está na rota do seu segundo título, após proeza alcançada em 2005, sob batuta do técnico Mário Calado.

Apesar de faltarem ainda 12 rondas nesta segunda volta da prova, os lundas dependem de si para arrebatar o título e levar o troféu para fora de Luanda, capital angolana, como raras vezes aconteceu desde o início da prova em 1979.

Até à data, este evento foi conquistado apenas por três equipas que não são de Luanda, designadamente, 1º de Maio de Benguela em 1983 com o treinador Petar Kzernevic, e 1985 com Rui Rodrigues.

Seguiu-se o Sagrada Esperança em 2005, com Mário Calado no leme, e o Recreativo do Libolo que repetiu o feito em quatro ocasiões, em 2011 e 2012 com Zeca Amaral, 2014 com Miller Gomes e 2015 com João Costa.

O Petro de Luanda com 15 troféus e o 1º de Agosto com 13 são as equipas com mais conquistas.

Cogitações à parte, a verdade é que a tarefa de arrebatar o ceptro não se afigura fácil para os diamantíferos, apesar de os crónicos candidatos 1º de Agosto (2º colocado com 40 pontos), Petro de Luanda (4º com 36) e Interclube (5º com 33) não terem ainda demonstrado os níveis de sempre.

Na corrida, além do Sagrada Esperança, pelo meio ainda intrometeu-se o FC Bravos do Maquis. A equipa do Moxico, liderada por Zeca Amaral, ocupa a honrosa terceira posição com 34 pontos.

A formação da Lunda Norte até já esteve algumas vezes na posição de líder, mas sempre à condição, diferente desta vez graças ao triunfo sábado, no Dundo, diante do Ferrovia do Huambo, por 1-0, em jogo da 18.ª jornada, beneficiando do empate a uma bola do então líder 1º de Agosto (40 pts) com o Williete de Benguela..

A ascensão ao primeiro posto deste conjunto, treinado por Roque Sapiri, até acaba por ser natural em função do que vem produzindo ao longo do campeonato, onde consentiu apenas uma derrota, justamente na ronda anterior diante do Sporting de Cabinda (0-1).

Na próxima jornada (19), os diamantíferos jogam em seu reduto com o Cuando Cubango FC, 12º classificado com 19 pontos, enquanto o 1º de Agosto recebe o Desportivo da Huíla, 8º com 23, no estádio 11 de Novembro.

Resultados completos da 18 ª jornada

Sagrada Esperança – Desportivo da Huíla (1-0), Bravos do Maquis – Sporting de Cabinda (1-0),  Recreativo do Libolo – Académica do Lobito (1-2), Baixa de Cassanje – Petro de Luanda (1-2), Interclube – Recreativo da Caála (2-1), Desportivo da Huíla – Cuando Cubango FC (3-0), Santa Rita de Cássia – Progresso Sambizanga (1-1) e Williete de Benguela – 1º de Agosto (1-1).      

Próxima jornada (19 ª) dia 12 de Maio

Recreativo da Caála – Williete, Ferroviário – FC Bravos do Maquis, Académica do Lobito – Baixa de Cassanje, Sagrada Esperança – Cuando Cubango FC, Sporting de Cabinda – Recreativo do Libolo, Petro de Luanda – Santa Rita de Cássia, Progresso Sambizanga – Interclube e 1º de Agosto – Desportivo da Huíla.

Angop

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.