TAAG anuncia limitações na venda de bilhetes de passagem devido à covid-19

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

A companhia angolana de bandeira, TAAG, anunciou limitações no número de assentos disponíveis para passageiros que pretendem viajar para os diferentes pontos do mundo, fruto da pandemia.

Em declarações à Rádio Nacional de Angola, o diretor comercial da TAAG, Carlos Von Hafe disse que este ano houve uma redução significativa do número de assentos e voos disponibilizados em comparação ao período homólogo de 2020.

No primeiro trimestre de 2020, a TAAG disponibilizou 5.729 assentos, quando no primeiro trimestre deste apenas 1.300 assentos foram disponibilizado, registando uma redução de mais de 75%, quer nos voos operados, quer no número de assentos alocados ao mercado.

Carlos Von Hafe disse a título de exemplo que na principal rota da companhia – Luanda/Lisboa – há, neste momento, apenas um voo por semana, quando no período pré-pandemia eram 14 voos por semana.

O responsável comercial disse ainda que os passageiros da TAAG que adquiriram os seus bilhetes antes, ou depois, do confinamento e não viajaram, estão isentos de pagar qualquer taxa para remarcar a sua viagem.

Carlos Von Hafe destaca que esta moratória foi prorrogada para até finais de julho do corrente ano.

Para os passageiros que querem ver os seus bilhetes reembolsados, a TAAG tem duas opções: o reembolso em “dinheiro” ou “voucher”, mas Carlos Von Hafe salienta que a companhia encoraja os passageiros a optarem pelo voucher que pode ser utilizado em qualquer altura, ou transferido para uma terceira pessoa.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.