UNITA, BD e PRA-JA criam “Frente Patriótica Unida” para derrotar MPLA

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

A UNITA, maior partido da oposição angolana, o Bloco Democrático e projeto político PRA-JA Servir Angola estão em véspera de formar a “Frente Patriótica Unida” uma coligação que tem como objetivo derrotar o MPLA nas eleições de 2022, revela o Novo Jornal que cita uma fonte próxima das negociações.

Segundo a mesma fonte, a nova coligação será liderada por Adalberto Costa Júnior e Abel Chivukuvuku será o número dois.

NJ revela também que alguns nomes sonantes do Bloco Democrático e do projeto político PRA-JA Servir Angola irão ocupar os primeiros 20 lugares.

“A Frente Patriótica Unida visa fortalecer a UNITA nas eleições de 2022. Não haverá símbolos desta frente única. Todos vão enfileirar a UNITA por ser o partido com a estrutura mais organizada”, escreve o NJ.

“Os políticos Justino Pinto de Andrade, Filomeno Vieira Lopes e Luís Nascimento terão lugares privilegiados na lista e todos vão concorrer pela UNITA apesar de pertencerem à Frente Patriótica Unida”, avança ainda o NJ.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.