Quarenta extremistas e 12 militares morrem em combates no Chade

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Pelo menos 12 militares e 40 extremistas morreram no Chade em combates após a tomada de uma posição do exército pelos extremistas, na região norte do país, informou nesta terça-feira o governador da província, Mahamat Fadoul Mackaye.

O incidente aconteceu na área do lago Chade, uma vasta região de pântanos e pequenas ilhas habitadas, algumas delas refúgios do grupo nigeriano Boko Haram ou de seu braço dissidente, o Estado Islâmico na África Ocidental (Iswap). As autoridades chadianas chamam os dois grupos de “Boko Haram”.

Fonte: AFP

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.