Casos diários de infeções atingem recorde de 900.000, 350.000 na Índia

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Os casos diários de covid-19 atingiram o número recorde de 899.700 nas últimas 24 horas, mais de um terço deles concentrados na Índia, segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Segundo a agência noticiosa EFE, no último dia, a Índia relatou 346.000 novas infeções.

Com estes novos registos, os casos globais desde o início da pandemia chegam aos 145 milhões, sem que se vislumbre, por enquanto, o pico da quarta vaga global.

Já as mortes somam 3,07 milhões, 14.000 delas nas últimas 24 horas e, destas, 2.600 registaram-se na Índia e 2.000 no Brasil.

A alta incidência da variante indiana, que já foi detetada em países como Suíça, Bélgica ou Reino Unido, é de particular preocupação para a OMS, numa altura em que as vacinas avançam lenta e desigualmente, mas que já superaram a marca dos 1.000 milhões de doses administradas em todo o mundo.

Os Estados Unidos são o país que mais administrou vacinas, 225 milhões, seguidos da China (218 milhões) e da Índia (138 milhões), enquanto 128 milhões de doses foram inoculadas na União Europeia, 44 milhões no Reino Unido e Brasil 37 milhões.

Em termos relativos, Israel é o país com mais doses por 100 habitantes (quase 120), seguido pelos Emirados Árabes Unidos (103), Chile (73), Bahrein (68) e Estados Unidos e Reino Unido (ambos com 67).

Contudo, a curva de casos diários tem caído lentamente há algumas semanas, nos casos americanos e europeus e continua a aumentar exponencialmente no Sul da Ásia, devido à alta incidência de infeções na Índia.

Fonte: Lusa

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.