Alemanha prepara-se para dar “apoio urgente” à Índia

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

A chanceler alemã, Angela Merkel, anunciou hoje que seu governo está a preparar-se para fornecer ajuda de emergência à Índia, que enfrenta um aumento exponencial de casos de covid-19, informou a agência AFP.

“Ao povo indiano, quero manifestar a minha solidariedade pelo terrível sofrimento que a covid-19 está mais uma vez infligindo à população”, declarou a chanceler numa mensagem divulgada no Twitter pelo seu porta-voz, Steffen Seibert.

“A luta contra a pandemia é uma luta comum. A Alemanha é solidária com a Índia e está a preparar uma missão de ajuda de emergência”, lê-se na mensagem de Angela Merkel.

A Índia registou quase 350.000 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas, um número máximo a nível mundial, tendo as autoridades locais decidido prolongar o confinamento por mais uma semana na capital do país, Nova Deli.

O país registou ainda 2.767 mortes por infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2, um novo máximo nacional desde o início da pandemia, segundo dados divulgados hoje pela agência de notícias francesa France Presse (AFP).

A Índia, que tem uma população de 1,3 mil milhões de habitantes, está a braços com um surto epidémico terrível, com mais 349.691 novos casos registados hoje, segundo dados divulgados pela agência de notícias francesa France Presse (AFP).

Devido a esta situação, o chefe do Governo de Nova Deli, Arvind Kejriwal, anunciou que foi decidido “prolongar o confinamento por uma semana”, sublinhando que “a devastação do coronavírus continua e que não dá descanso.”

Com uma população de 20 milhões de habitantes, Nova Deli é a cidade mais afetada pela epidemia.

Na passada segunda-feira foi decretado o confinamento numa tentativa de aliviar a pressão sobre os hospitais que enfrentam graves faltas de oxigénio.

A crise está mais uma vez a destacar a fragilidade do sistema de saúde da Índia e a ira das pessoas vai aumentando devido à alegada falta de preparação do Governo federal face a este surto epidémico.

Nos últimos sete dias, a Índia registou mais de dois milhões de novos casos, um aumento de 58% face à semana anterior, segundo dados compilados pela AFP.

Nova Deli não é a única cidade indiana atualmente em confinamento.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 3.088.103 mortos no mundo, resultantes de mais de 145,5 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência de notícias France-Presse (AFP).

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Fonte: Lusa

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.