Grupo argentino investe 45 milhões de dólares em fábrica de bolachas

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

O grupo argentino Arcorvai iniciar a produção de produtos de confeitaria em Angola a partir de 2021, num investimento estimado em 45 milhões de Dólares norte-americanos.

O projecto deverá produzir anualmente seis mil toneladas de produtos de diversas marcas, entre biscoitos, bolachas e outros produtos de confeitaria, como chocolates.

O embaixador da Argentina acreditado em Angola, Alejandro Guillermo Vierdier, que foi recebido em audiência pelo presidente do Conselho de Administração da Agência de Investimento Privado e Promoção das Exportações (AIPEX), António Henriques, disse que a unidade fabril deverá criar 500 empregos directos.

Falando à imprensa, no final do encontro com o PCA da AIPEX, o diplomata disse que a implantação da primeira fábrica da Arcor fora da América Latina, é de grande relevância para Grupo.

Segundo afirmou, o objectivo, além do mercado angolano, prende-se com a exportação da futura produção para os países vizinhos, na África austral.

A unidade industrial localiza-se na Zona Económica Especial Luanda/Bengo e encontra-se “em estado avançado de implantação”, prevendo-se a sua inauguração em Novembro deste ano.

O Grupo argentino Arcor surgiu em 1951e está presente em vários continentes com unidades industriais em mais de 40 países.

Por outro lado, empresários marroquinos manifestaram, através da sua embaixadora acreditada em Angola, Saadia El Alaqui, interesse em investir em áreas como energias renováveis, agro-alimentar e das pescas.

A diplomata teceu estas considerações à imprensa, pouco depois do encontro de cortesia mantido com o PCA da AIPEX, António Henriques.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.